Imagem capa - Leite Materno: Alimento de Ouro Para a Saúde dos Bebês. por Milena Silva Santos

Leite Materno: Alimento de Ouro Para a Saúde dos Bebês.



Para marcar a 25ª Semana Mundial da Amamentação, em 2017, o Congresso Nacional Brasileiro instituiu, por meio da lei número 13.435, o Mês do Aleitamento Materno: o Agosto Dourado.

A partir daí, o oitavo mês do ano é todinho dedicado a informar e debater sobre a importância de amamentar os bebês.

Fonte: bebe.com.br 



Há muito tempo somos habituados a usar meses do ano com cores que marcam a importância da conscientização sobre certas questões de saúde que atingem alguns grupos de pessoas. 

O Outubro Rosa lembra a importância da prevenção do câncer de mama, enquanto o Novembro Azul, por exemplo, foca na atenção ao câncer de próstata.

E, mais recentemente, passamos a ter uma nova data especial no calendário: 

O Agosto Dourado que, por sua vez, é um mês que fala com quase toda a população, pois é dedicado à amamentação. E a maioria das pessoas teve o leite materno como primeiro alimento.






E como é gostoso ver uma mãe amamentando seu bebê. 

Também sou mãe, e amamentei até 1 ano e 4 meses do meu filho (hoje com 12 anos), e lembro bem que as vezes fazia algumas tarefas durante a amamentação. 

A foto acima é o João Caetano e a Mamãe dele, Viviane. Ela escrevia uma carta a ele, durante um ensaio Lifestyle, e ele pediu o que? Tetê. 

Que cena linda, não é?

É de encher os olhos!




Lembra daquele sorriso delicioso ao mamar um alimento produzido por você?

Acho que é a coisa mais valiosa e recompensadora do mundo!

Essa foto é da Lis e sua mamãe Ângela, em um Documental de Família, feito em porto Alegre. Lis está com 1 ano e 1 mês, e segue firme no "Tetê".











É muito importante a amamentação com leite materno exclusivamente no mínimo até os seis meses de idade da criança. Além de colaborar para aumentar a imunidade do bebê, o vínculo criado entre mãe e filho (a) é muito intenso. (Sem falar que ajuda nós mamães a perder os quilinhos extras que ganhamos na gravidez)



Essa é a Liz (outra, hehehhe) nesta foto ela estava com 6 meses, e já estava introduzindo a alimentação sólida, mas o mamá......hehehhehe era o prato preferido.



Será que fiquei satisfeita gente, depois desse "papá" da minha Mamãe Fernanda??!!




E para concluir esse post de hoje, afirmo com toda convicção que criança que mama no peito é tudo de bom, bom para elas, bom para as mamães. 

Por isso, se você tem condições de amamentar, amamente.

Cuide sua alimentação e principalmente com a ingestão de bebidas alcoólicas, pois elas passam 100% para o leite materno.





Dúvidas?